quinta-feira, 8 de agosto de 2013

livre



entre papos de mulher, na praça ao redor de uma cancha de futebol, uma delas me pergunta “e aí, qual é a situação?”. respondo com graça “quero dar pro japonês”. o bonitão, que descansava da pelada pós-almoço, olha pra trás e solta um risinho medonho. a loira enrubesce. a ruiva dá risada. a sexy segue sexy. e eu me basto.

a boa da verdade é que eu só preciso de alguém que me trate bem. que me beije os olhos, me olhe a boca e faça minha pele sorrir com um toque de arrepio. okey, de lambuja, posso ganhar um dengo, uma janta, uma sobremesa sexy e uma mensagenzinha educada de bom dia na manhã seguinte.


“querida, já vou avisando que te farei a mulher mais amada do mundo em uma noite, mas que não sou de me apegar.” ah, obrigada por avisar. a recíproca é verdadeira. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário